COMO O GOOGLE CHROME VENCEU A GUERRA DOS BROWSERS


03 | NOV | 2013

UM GRÁFICO DOS ÚLTIMOS DOIS ANOS MOSTRA QUE O BROWSER DO GOOGLE FOI MINANDO GRADATIVAMENTE OS USUÁRIOS DO INTERNET EXPLORER.


Alguns anos atrás o Internet Explorer era o rei, no topo dos browsers com 70% do mercado.

Eis que o FireFox é lançado e dá início à uma campanha anti-IE. O FireFox tinha recursos novos, a possibilidade de instalar plugins e aplicativos que encantaram os usuários avançados, mas não fizeram tanta diferença para o usuário padrão. Quando alguém vinha te falar do FireFox falava das vantagens de instalar aplicativos, plugins e outras coisas que aos olhos do usuário comum pareciam complicadas e inúteis.


Mesmo assim o FireFox foi subindo, vagarosamente com a promessa de dominar o mercado no futuro, seus fiéis usuários sempre bombardiando o Internet Explorer, atacando, atacando, atacando.

Foi aí que o Google percebeu que os usuários do FireFox conseguiram fazer o IE ser odiado mas não conseguiram fazer o FireFox ser adorado pelas massas. O Google que venceu a batalha dos buscadores por ser leve e simples enquanto os outros sites como o Altavista e o Yahoo eram pesados e poluídos decidiu aplicar a mesma estratégia com seu novo browser: Ele era limpo, claro e leve.

A propaganda boca a boca do Chrome, ao contrário da do FireFox que era passional e agressiva, era suave como o próprio browser, as pessoas simplesmente diziam "instala o Chrome, é mais rápido".

A entrada do Chrome no mercado fez com que seus concorrentes tentassem correr atrás do prejuízo. O IE que era cheio de bugs e problemas foi se aprimorando, e hoje é tão bom quanto seus concorrentes (segundo alguns testes recentes, é até melhor). O FireFox também tentou lutar, conseguiram reduzir bem o consumo de memória e processador, mas não foi o bastante.

O estrago feito pelo FireFox contra o IE ainda não foi desfeito, a Microsoft tem lutado bastante para mudar o quadro, por enquanto, em vão. E o FireFox? Bom, o FireFox ainda hoje acredita que o complicado é melhor do que o simples, e não conseguiu ainda nem unificar a barra de busca com a de endereços.

O gráfico do StatCounter, site que armazena informações dos usuários da web mundial, mostra exatamente os resultados da guerra entre os três grandes browsers:

Nele você vê o FireFox crescendo, tomando força lentamente, então bum, o Chrome entra na guerra e rouba os usuários tanto do IE quanto do FF. É muito interessante ver que a subida do Chrome é exatamente um espelho da descida do IE.

Note também que em 2013, talvez graças ao IE 10, talvez graças ao Windows 8 o Internet Explorer se recuperou da queda livre e aparentemente está se estabilizando 10% abaixo do líder. Já o FireFox continua despencando sem grandes esperanças.

No Brasil o Chrome subiu até mais depressa, ultrapassando o IE ainda em 2011, e mantendo o gráfico espelhado. A retomada do IE aqui no Brasil foi muito mais sutil do que no gráfico mundial, mantendo uma distância entre os dois browsers quatro vezes maior do que na média mundial.

 E você? Qual browser prefere? Poste nos comentários sua opinião!

 


       




REDES SOCIAIS

FACEBOOK
TWITTER