FORMATAÇÃO CONDICIONAL - PARTE 1


31 | MAR | 2013

APRIMORE SUAS PLANILHAS DE EXCEL ADICIONANDO CORES E FORMATAÇÕES AUTOMÁTICAS, FACILITANDO O REALCE DE INFORMAÇÕES IMPORTANTES.

A evolução treinou nossos olhos durante milhares de anos para reconhecermos cores, então por que não utilizar esse recurso para melhorar o desempenho dos nossos relatórios?

O Excel faz isso de forma estupidamente fácil através da opção chamada "Formatação Condicional", que fica logo ali na aba inicial do programa, isso se você usa o Excel na versão 2007 ou superior, se você usa uma outra versão com mais de dez anos, recomendo a leitrura do livro "Quem Mexeu no Meu Queijo".

Abaixo explicarei o comando mais básico da formatação condicional, o de escalas de cor, que simplesmente pinta cada célula da planilha em uma cor correspondente ao seu valor.

Formatação Condicional: Escala de Cor

Aqui a imagem de uma planilha simples, que representa o fluxo de entrada de pessoas em uma determinada área:

Você pode baixar essa planilha de exemplo clicando aqui.


 

Selecione todos os campos com valor da planilha, da célula C3 à célula O6. Em seguida, na aba inicial do Excel, clique na opção "Formatação Condicional" e então em "Escalas de Cor".

Selecione a combinação de cores que mais lhe agradar, no exemplo eu escolhi a segunda opção, que pinta os valores mais baixos de verde e os mais altos de vermelho.


 

Note como agora a planilha exibe um fluxo muito mais nítido. Você percebe de cara que o portão C, às 13:30, foi o portão por onde mais passaram pessoas, em segundo lugar ficou o Portão B ao meio dia.

Essa formatação é extremamente útil em qualquer planilha numérica, sejam acessos, valores, vendas.

Continua em:

- Formatação Condicional - Parte 2


       




REDES SOCIAIS

FACEBOOK
TWITTER