O NOVO XBOX E O FUTURO - PERTURBADOR - DA TECNOLOGIA


29 | MAI | 2013

ENTENDA PORQUE ALGUNS DOS RECURSOS DO NOVO VIDEOGAME DA MICROSOFT, O XBOX ONE, PODEM ZUMBIFICAR AINDA MAIS VOCÊ.

Black Mirror é uma série britânica cujos episódios brincam com a influência da tecnologia no comportamento das pessoas. Se você nunca assistiu, vale a pena procurar a respeito, é uma das mais interessantes séries que eu já vi.

Dia 21 a Microsoft anunciou a próxima geração de videogames, o Xbox One, e o anúnciou foi bem controverso por ter mais recursos dedicados à televisão e entretenimento do que à jogos propriamente ditos, isso gerou muita polêmica e piadas pela Internet.

Aí você pergunta, o que uma coisa tem a ver com a outra? Infelizmente muito!

O segundo episódio da primeira temporada de Black Mirror - 15 Million Merits - nos apresenta a um possível futuro perturbador da humanidade. A quantidade de elementos desse episódio que são parecidos com os "recursos" do Xbox One é assustadora.

No episódio as pessoas comuns "trabalham" pedalando em bicicletas ergométricas - provavelmente gerando energia para as máquinas - de frente para uma televisão. O dinheiro é virtual, chama-se mérito. Quanto mais você pedala, mais méritos você ganha.

MS Ponits vs Black Mirror Merits

O Xbox, mesmo nas versões anteriores, possui um sistema de méritos também - os MS Points - uma espécie de dinheiro virtual que se ganha jogando.

No episódio todos se vestem de cinza, porém podem comprar - através dos méritos - roupas para seus avatares que ao contrário dos trabalhadores, são descolados. O Xbox também possui um avatar super descolado, e você também pode comprar roupas para ele através dos méritos dos jogos.

Xbox Avatar vs Black Mirror Avatar

No episódio, o quarto dos trabalhadores tem, no lugar de paredes, telas de TV. Sabemos que a Microsoft está para lançar o Illumi Room - que é muito legal por sinal - que transforma as paredes da sua sala em uma extenção da televisão.

Black Mirror vs Illumi Room

Até então, temos pequenos recursos não intrusivos que são vistos no seriado e no videogame. Porém as semelhanças não param por aí.

Em 15 Million Merits, os trabalhadores não podem desligar as TVs durante os comerciais - a não ser que paguem por isso -  se você fecha os olhos a TV toca uma sirene insuportável até que você abra os olhos novamente.

O Xbox One vem com o Kinect - aquela câmera que captura seus movimentos - porém ela não poderá ser desligada. O Xbox One estará olhando para você 100% do tempo em que ele estiver ligado. Como ele é uma central de entretenimento, você pode ver TV através dele.

Durante o anúncio da Microsoft foi explicado que você poderá ganhar Méritos MS Points por assistir TV. Por exemplo, se você assistir ao Super Bowl inteiro pode ganhar X méritos, e o Xbox One vai SABER se você só deixou a TV ligada mas não está assistindo por conta do Kinect. Também ficou claro que existirão MS Points que poderão ser ganhos assistindo a determinados comerciais - não vale virar a cara nem fechar os olhos!

Assustador?

Eu não me importaria em ter o Xbox One e com certeza vou gostar da imersão que o Illumi Room poderá proporcionar. Confesso que acharia até interessante, meu avatar bonitinho ter a medalha por ter "Assistido todas as temporadas de Dexter", porém uma vez acostumado com essas coisas, mudanças mais drásticas - que hoje podem ser assustadoras - passam a parecer menos perigosas.

Utilizar não é errado, mas cabe a cada um de nós tomar cuidado para não permitir que uma central de entretenimento nos zumbifique ainda mais, sugando o pouco que resta do nosso livre pensar.

Xbox One is Watching You

Cuidado, o Xbox está vendo você!

Correção

Fui informado que os MS Points não podem mais ser adquiridos jogando, você ganha apenas os Gamerscore que servem para dar descontos na compra de jogos e serviços. Assistir TV dará Gamerscore e não MS Points.


       




REDES SOCIAIS

FACEBOOK
TWITTER